Textos
DEVAGAR SE VAI AO LONGE
A partir do momento que se admite que o ser humano é uma criatura singular, ou seja, que não existem duas pessoas iguais, é necessário lembrar que entre as diferenças que existem entre elas,  uma , muito importante para o processo ensino-aprendizagem, é o ritmo.
Cada indivíduo tem o seu ritmo e o tempo certo de desenvolver  as suas tarefas. Uns são mais lentos  e outros mais acelerados, mas apesar dessa diferença, todos podem desenvolver as mesmas habilidades e realizar as mesmas atividades, cada um a seu tempo.
O ritmo,portanto, não determina uma maior ou menor capacidade para aprender. Apenas mostra que cada um tem as suas peculiaridades e por isso mesmo o professor deve aceitar e respeitar  a individualidade de seus alunos.
Uma criança lenta pode render muito mais se tiver tranqüilidade para realizar suas tarefas e cabe ao professor garantir um clima propício e assegurar o sucesso na realização das mesmas, proporcionando oportunidades necessárias para isto. Do contrário o aluno  pode perder a segurança se for forçada a trabalhar numa velocidade que não é a sua.
Toda classe é heterogênea em vários aspectos e um desses é o ritmo. Por isso não se pode esperar que ela ande na mesma “velocidade”. Se a heterogeneidade de ritmos é inevitável é importante que , visando o respeito às diferenças, sejam preparadas  atividades extras para os alunos mais “acelerados”, já que estes tendem a terminar antes dos demais e ficarem sem ocupação atrapalhando a aula. Enquanto eles se ocupam o professor pode dar atenção aos mais lentos sem que sejam causados transtornos.
É  recomendável que se planejem atividades lúdicas para que não fique cansativo e que não percam o interesse. Podem ser em forma de palavras cruzadas, caça palavras, desenhos, leitura, ilustração ou criação de texto.
O mais importante de tudo é criar situações que permitam aos alunos mais lentos, desenvolverem  suas habilidades, mesmo que devagar, e do seu modo , sendo garantido a estes o tempo necessário para que consigam “chegar longe”

Livia Chamusca
Enviado por Livia Chamusca em 20/11/2010
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras