Textos
TEMPO DE ELEIÇÃO
Tempo de eleição.Tempo de propagandas eleitorais e eleitoreiras que garantem milagres e mudanças na vida do povo.
Tempo de agressão entre candidatos e busca insessante de ofensas e falhas do outro.
O que deveria ser um tempo de reflexão e de exposição de propostas e soluções para os problemas, passa a ser um tempo de agressões e ilusões,de promessas que jamais serão cumpridas para melhorar a qualidade de vida da população.
O que deveria ser tempo de esperança, passa a ser um tempo perdido, onde se olha para o horizonte e nada se vê.
O que deveria ser tempo de perspectivas para um futuro melhor, se apresenta como um presente decadente e ridículo incapaz de deixar evidências de que algo pode mudar.
O voto é uma arma que temos na mão, mas a maioria aponta essa arma para si mesmo de forma instatânea e irrevogável quando se cala diante de situações e quando escolhe o seu candidato pensando nas vantagens individuais e não no que este candidato possa oferecer para o bem coletivo.
Horários políticos são vistos como palhaçada (e realmente o são) e ao invés de apresentarem propostas e saídas, apenas apresentam discursos ridículos onde cada um apela para uma determionada forma de aparecer.
Enquanto não se fizer política baseado no que realmente ela significa, passaremos o resto de nossas vidas,de eleição a eleição contemplando esse espetáculo bizarro e cruzando os braços na espera de que um milagre aconteça.
E de mais a mais, as atitudes vão se perpetuando, o tempo vai passando e a gente tem que concordar mais e mais com o dito popular:"cada povo tem o governo que merece."
E que venha o que for do nosso merecimento!
Livia Chamusca
Enviado por Livia Chamusca em 28/09/2012
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras